Além das três pessoas que morreram, outras 12 ficaram feridas. Manifestantes protestavam porque o Talibã tirou a bandeira do Afeganistão e colocou a sua própria na cidade de Jalalabad.


Talibã reprimiu violentamente uma manifestação na cidade de Jalalabad, no Afeganistão, nesta quarta-feira (18). Membros do grupo extremista efetuaram disparos em uma multidão e bateram em manifestantes.

Cidade de Jalalabad, no Afeganistão em 15 de agosto de 2021; na imagem, há militantes do Talibã com a bandeira do grupo — Foto: Reuters

Cidade de Jalalabad, no Afeganistão em 15 de agosto de 2021; na imagem, há militantes do Talibã com a bandeira do grupo — Foto: Reuters

Pelo menos três pessoas morreram e 12 ficaram feridas, segundo a agência Reuters e com a rede Al Jazeera.

O protesto começou porque o Talibã tirou a bandeira do Afeganistão de um monumento no centro da cidade e colocou a sua própria.


Uma parte grande dos cidadãos da cidade não gostou da mudança e resolveu protestar.

Segundo o jornal “New York Times”, centenas de manifestantes fizeram um protesto na principal rua comercial da cidade. Eles carregavam a bandeira do Afeganistão, assoviavam e gritavam.

Os membros do Talibã atiraram para o alto para que a multidão se dispersasse. Isso não aconteceu. Os talibãs, então, começaram a agredir os manifestantes.